terça-feira, 31 de maio de 2011

O retorno de Conte

Conte foi vice-campeão da Série B no comando do Siena
O dia em Turim começou com a confirmação da demissão de Luigi Del Neri por meio de nota oficial no site bianconero. Logo após foi convocada coletiva de imprensa para a apresentação do novo técnico Antonio Conte. O comunicado do site oficial do clube dizia: "Antonio Conte voltou para a Juventus. Desta vez para não para comandar dentro do campo, mas a partir do banco. Ele é o novo treinador. Conte assinou um contrato de dois anos que terminará em 30 de junho de 2013. "

Assim como a renovação contratual de Marchisio, o contrato de Conte foi assinado na sala de troféus ao lado do presidente Andrea Agnelli, que disse: "Nós queremos ganhar, e queremos fazê-lo com Conte. Ele é a primeira peça do quebra-cabeça para o clube voltar a ser bem sucedido."

Conte se mostrou confiante ao dar sua primeira entrevista como técnico da Juventus: "Estou motivado e sinto confiança. Todos nós sabemos que a Juve pertence ao futebol italiano,europeu e mundial". 

Sobre o mercado de transferências, Conte disse estar em contato direto com Marotta em busca de novos nomes para a melhora do elenco. Marotta também falou da busca por reforços: "Vamos falar com Fabio Paratici e Pavel Nedved e faremos tudo que pudermos para deixar o Antonio feliz. Mas uma série de objetivos não são possíveis porque o diálogo com os clubes que detém os direitos de alguns jogadores não é fácil."

Por fim Conte foi questionado sobre o futuro de Buffon, que especula-se esteja de saída da Juve: "Para mim, Buffon e Del Piero representam a Juventus. Eles são uma mais-valia e eles sabem o que significa vencer e é o que a Juventus precisa".

Meio-campista, Conte jogou na Juventus entre 1992 e 2004, conquistando cinco edições do Campeonato Italiano (95, 97, 98, 2002 e 2003), a Copa dos Campeões da Europa de 1996 e a Copa Uefa de 1993.

Pela seleção italiana, ele disputou dois jogos no Mundial de 1994, no qual os italianos foram vice-campeões.

Estatísticas da Série A: Atacantes

Para encerrar a análise por setores do time da Juventus, falamos hoje sobre o ataque bianconero. O bom desempenho de Fabio Quagliarella na Copa do Mundo, apesar da péssima campanha da Itália, chamou atenção da comissão técnica que contratou o jogador por empréstimo do Napoli, clube que ele não tem bom relacionamento com a direção. Para o início da temporada, Quagliarella foi o único reforço para a posição que já contava com os medalhões Iaquinta, Amauri e Del Piero. Quagliarella ganhou a titularidade com os seguidos desfalques de Amauri e Iaquinta, teve um bom início de campeonato, assim como a Juventus, até que no mês de janeiro uma contusão o tirou do resto da temporada. Por sorte estava aberta a janela de transferências do inverno europeu e com a saída de Amauri por empréstimo ao Parma, chegaram Luca Toni em definitivo e Alessandro Matri por empréstimo do Cagliari. Mais uma contusão no caminho da Juve tirou Iaquinta também até o fim da temporada e Del Neri passou a contar apenas com o trio Del Piero, Matri e Toni. Matri continuou com a ótima fase que vivia no Cagliari e igualou Quagliarella pela artilharia da Juventus na Série A. Matri e Qualgiarella devem ser negociados e ficar em definitivo na Juve. O jogador com mais atuações na posição foi o ídolo Del Piero.
Alessandro Del Piero

Jogos:33
Jogos como titular: 19
Tempo em campo: 1824 minutos
Gols: 8
Assistências: 3
Chutes no gol: 82
Chutes no gol: 28
Cartões amarelos: 0
Cartões vermelhos: 0
Faltas cometidas: 39
Faltas sofridas: 78
Impedimentos: 13

Vincenzo Iaquinta
Jogos: 19
Jogos como titular: 8
Tempo em campo: 957 minutos
Gols: 4
Assistências: 3
Chutes: 28
Chutes no gol: 17
Cartões amarelos: 1
Cartões vermelhos: 0
Faltas cometidas: 26
Faltas sofridas: 20
Impedimentos: 26


Fabio Quagliarella
Jogos: 17
Jogos como titular: 17
Tempo em campo: 1310 minutos
Gols: 9
Assistências: 2
Chutes: 54
Chutes no gol: 22
Cartões amarelos: 0
Cartões vermelhos: 0
Faltas cometidas: 18
Faltas sofridas: 25
Impedimentos: 11

Alessandro Matri
Jogos: 16
Jogos como titular: 15
Tempo em campo: 1255 minutos
Gols: 9
Assistências: 1
Chutes: 30
Chutes no gol: 15
Cartões amarelos: 0
Cartões vermelhos: 0
Faltas cometidas: 14
Faltas sofridas: 19
Impedimentos: 31 



Luca Toni
Jogos: 14
Jogos como titular: 5
Tempo em campo: 528 minutos
Gols: 2
Assistências: 2
Chutes: 19
Chutes no gol: 9
Cartões amarelos: 0
Cartões vermelhos: 0
Faltas cometidas: 24
Faltas sofridas: 25
Impedimentos: 2



Amauri
Jogos: 9
Jogos como titular: 5
Tempo em campo: 491 minutos
Gols: 0
Assistências: 0
Chutes: 15
Chutes no gol: 5
Cartões amarelos:  0
Cartões vermelhos: 0
Faltas cometidas: 15
Faltas sofridas: 9
Impedimentos: 6



Alberto Libertazzi
Jogos: 1
Jogos como titular: 0
Tempo em campo: 1 minuto
Gols: 0
Assistências: 0
Chutes: 0
Chutes no gol: 0
Cartões amarelos: 0
Cartões vermelhos: 0
Faltas cometidas: 0
Faltas sofridas: 0
Impedimentos: 0

Niccolo Giannetti
Jogos: 1
Jogos como titular: 1
Tempo em campo: 57 minutos
Gols: 0
Assistências: 0
Chutes: 0
Chutes no gol: 0
Cartões amarelos: 0
Cartões vermelhos: 0
Faltas cometidas: 0
Faltas sofridas: 0
Impedimentos: 0

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Estatísticas da Série A: Meio-campistas

Dando sequência as estatísticas dos jogadores da Juventus, falamos hoje sobre o meio de campo bianconero. Para a temporada 2010-2011 esse foi o setor da Juventus que sofreu mais alterações antes do início do campeonato. Aquilani e Pepe desembarcaram em Turim por empréstimo. Martinez e Milos Krasic, considerado o maior reforço da Juve para essa temporada, foi contratado em definitivo junto ao CSKA Moscou. Na primeira parte do campeonato Krasic fez boas atuações e caiu no gosto da torcida bianconera. Mas como o jogador veio do campeonato russo, que tem o calendário de futebol igual ao brasileiro, o cansaço de mais de um ano em atuação sem descanso foi o principal fator alegado para a queda de rendimento do camisa 27, que culminou em uma queda de produção de toda a equipe da Juventus. Aquilani foi o jogador da posição com mais participações pela Juventus na Série A.
Alberto Aquilani

Jogos: 33
Jogos como titular: 31
Tempo em campo: 2669 minutos
Gols: 2
Assistências: 5
Chutes: 55
Chutes no gol: 12
Cartões amarelos: 3
Cartões vermelhos: 0
Faltas cometidas: 62
Faltas sofridas: 34
Impedimentos: 2

Milos Krasic
Jogos: 33
Jogos como titular: 33
Tempo em campo: 2612 minutos
Gols: 6
Assistências: 8
Chutes: 46
Chutes no gol: 19
Cartões amarelos: 4
Cartões vermelhos: 0
Faltas cometidas: 24
Faltas sofridas: 68
Impedimentos: 10


Claudio Marchisio
Jogos: 32
Jogos como titular: 32
Tempo em campo: 2805 minutos
Gols: 4
Assistências: 4
Chutes: 32
Chutes no gol: 14
Cartões amarelos: 9
Cartões vermelhos: 0
Faltas cometidas: 44
Faltas sofridas: 26
Impedimentos: 2


Simone Pepe
Jogos: 30
Jogos como titular: 22
Tempo em campo: 2003 minutos
Gols: 4
Assistências: 1
Chutes: 42
Chutes no gol: 19
Cartões amarelos: 9
Cartões vermelhos: 0
Faltas cometidas: 44
Faltas sofridas: 43
Impedimentos: 7

Felipe Melo
Jogos: 29
Jogos como titular: 28
Tempo em campo: 2422 minutos
Gols: 1
Assistências: 0
Chutes: 31
Chutes no gol: 9
Cartões amarelos: 6
Cartões vermelhos: 1
Faltas cometidas: 42
Faltas sofridas: 40
Impedimentos: 3


Mohamed Sissoko
Jogos: 18
Jogos como titular: 4
Tempo em campo: 625 minutos
Gols: 0
Assistências: 1
Chutes: 6
Chutes no gol: 1
Cartões amarelos: 4
Cartões vermelhos: 0
Faltas cometidas: 13
Faltas sofridas: 7
Impedimentos: 0


Jorge Andrés Martínez
Jogos: 14
Jogos como titular: 6
Tempo em campo: 563 minutos
Gols: 0
Assistências: 0
Chutes: 13
Chutes no gol: 3
Cartões amarelos: 1
Cartões vermelhos: 0
Faltas cometidas: 21
Faltas sofridas: 18
Impedimentos: 2


Davide Lanzafame
Jogos: 13
Jogos como titular: 1
Tempo em campo: 428 minutos
Gols: 0
Assistências: 0
Chutes: 15
Chutes no gol: 8
Cartões amarelos: 3
Cartões vermelhos: 1
Faltas cometidas: 9
Faltas sofridas: 12
Impedimentos: 6

Hasan Salihamidzic
Jogos: 10
Jogos como titular: 1
Tempo em campo: 216 minutos
Gols: 0
Assistências: 1
Chutes: 3
Chutes no gol: 0
Cartões amarelos: 2
Cartões vermelhos: 0
Faltas cometidas: 9
Faltas sofridas: 4
Impedimentos: 0


Manuel Giandonato
Jogos: 2
Jogos como titular: 2
Tempo em campo: 143 minutos
Gols: 0
Assistências: 0
Chutes: 0
Chutes no gol: 0
Cartões amarelos: 0
Cartões vermelhos: 1
Faltas cometidas: 4
Faltas sofridas: 1
Impedimentos: 0


Filippo Boniperti
Jogos: 1
Jogos como titular: 0
Tempo em campo: 45 minutos
Gols: 0
Assistências: 0
Chutes: 0
Chutes no gol: 0
Cartões amarelos: 0
Cartões vermelhos: 0
Faltas cometidas: 4
Faltas sofridas: 1
Impedimentos: 0

sábado, 28 de maio de 2011

Estatísticas da Série A: Zagueiros

Fechando a parte defensiva da Juventus, vamos à análise dos zagueiros. A defesa da Juventus tem o jogador que mais vezes esteve presente na Série A 2010-2011 pelo time bianconero, Leonardo Bonucci. Bonucci faz parte dos jogadores que foram contratados para a última temporada disputada, uma tentativa de renovação que acabou tendo o mesmo resultado da temporada 2009-2010, a 7ª posição na tabela. Foi contratado junto ao Bari por 15,5 milhões de euros após ter participado da Copa do Mundo de 2010. Porém a dupla Bonucci-Chiellini, mesma dupla de zaga da seleção italiana, não agradou e Barzagli chegou na janela de transferências do meio da temporada para reforçar o setor, que ficou sem opções com a grave contusão de Leandro Rinaudo e perdeu Legrottaglie na janela de transferências do inverno europeu. Vamos aos números:
Leonardo Bonucci
Jogos:34
Jogos como titular: 32
Tempo em campo: 2884 minutos
Gols: 1
Assistências: 0
Chutes: 19
Chutes no gol: 4
Cartões amarelos: 7
Cartões vermelhos: 1
Faltas cometidas: 29
Faltas sofridas: 20
Impedimentos: 0

Giorgio Chiellini
Jogos: 32
Jogos como titular: 32
Tempo em campo: 2880 minutos
Gols: 2
Assistências: 1
Chutes: 16
Chutes no gol: 5
Cartões amarelos: 3
Cartões vermelhos: 0
Faltas cometidas: 39
Faltas sofridas: 36
Impedimentos: 4

Andrea Barzagli
Jogos: 15
Jogos como titular: 14
Tempo em campo: 1283 minutos
Gols: 0
Assistências: 0
Chutes: 5
Chutes no gol: 2
Cartões amarelos:  1
Cartões vermelhos: 0
Faltas cometidas: 7
Faltas sofridas: 10
Impedimentos: 0


Nicola Legrottaglie
Jogos: 5
Jogos como titular: 2
Tempo em campo: 211 minutos
Gols: 1
Assistências: 0
Chutes: 1
Chutes no gol: 1
Cartões amarelos: 0
Cartões vermelhos: 0
Faltas cometidas: 1
Faltas sofridas: 0
Impedimentos: 0


Leandro Rinaudo
Jogos: 1
Jogos como titular: 1
Tempo em campo: 75 minutos
Gols: 0
Assistências: 0
Chutes: 0
Chutes no gol: 0
Cartões amarelos: 1
Cartões vermelhos: 0
Faltas cometidas: 1
Faltas sofridas: 0
Impedimentos: 0

Grandes ídolos: Roberto Baggio

Um dos melhores jogadores da década de 90. Roberto Baggio nasceu em Caldogno, em fevereiro de 1967 e é apontado por muitos o melhor jogador italiano da história. Baggio iniciou sua carreira como profissional no Vicenza em 1982, em 1985 transferiu-se para a Fiorentina. Após uma ótima participação pela seleção italiana na Copa de 1990, Baggio fez dois gols e ajudou a Itália a conquistar o 3° lugar no mundial, se transferiu, contra a sua vontade para a Juventus. Baggio foi comprado por 19 milhões de dólares, na época a transferência mais cara do futebol que desencadeou vários protestos e revolta na torcida viola.

Roberto Baggio vestiu a camisa bianconera por 5 temporadas entre 1990-1995. Durante esse período conquistou os dois maiores prêmios individuais da sua carreira, a Bola de Ouro da "France Football" e o prêmio de melhor jogador de 1993 da FIFA. Com a Juventus, Baggio foi campeão da Copa da Uefa (hoje Liga Europa) de 1992-93, Copa da Itália e Campeonato Italiano  da temporada 1994-95. Defendeu a Juventus em 141 jogos marcando 78 gols. Ao final da temporada 94-95 Baggio foi vendido ao Milan e perdeu a campanha vitoriosa da Juve na Liga dos Campeões da Europa em 1996.

Com a sua tranferência para o Milan, Baggio se tornou o único jogador a vencer a Série A italiana por anos consecutivos em clubes diferentes. Do Milan, Baggio ainda passou por Bologna, Inter e Brescia, onde encerrou sua carreira em 2004. Na Série A, marcou 205 gols e pela seleção italiana foram 56 jogos e 27 gols. Baggio é o único jogador a marcar em três Copas do Mundo diferentes pela seleção da Itália. Apesar de ser conhecido por nós brasileiros como o jogador que perdeu o pênalti na final da Copa de 1994 é o jogador italiano com melhor aproveitamento em cobranças de pênaltis da história. Ao final de sua carreira no Brescia, como homenagem a equipe aposentou a camisa número 10.

Títulos:
Vicenza
  • Série C1: 1984-85
Juventus
  • Copa da Itália: 1995
  • Copa Uefa: 1993
  • Campeonato Italiano Serie A: 1994-95
Milan
  • Campeonato Italiano Serie A: 1995-96
Prêmios individuais
  • Jogador Europeu Sub-23 do Ano: 1990
  • Artilheiro da Liga dos Campeões Europeus: 1990-91
  • Jogador Europeu do Ano: 1993
  • Melhor Jogador do Mundo: 1993
  • Titular da seleção italiana do século: 2000
  • 100 Craques do Século da revista Placar
  • Trofeo Bravo: 1990

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Estatísticas da Série A: Laterais

Dando sequência à série de estatísticas da Série A, falamos hoje das laterais. Uma posição que deu muita dor de cabeça ao técnico Luigi Del Neri. As lesões de Grygera e De Ceglie foram determinantes para que esse setor fosse um dos mais criticados do time da Juventus. O jogador com mais atuações nessa posição foi o contestado Marco Motta que veio emprestado pela Roma e não deve seguir na próxima temporada na Juve. Seguem os números:

Marco Motta

Jogos: 22
Jogos como titular: 19
Tempo em campo: 1516 minutos
Gols: 0
Assistências: 0
Chutes: 6
Chutes no gol: 1
Cartões amarelos: 8
Cartões vermelhos: 1
Faltas cometidas: 30
Faltas sofridas: 18
Impedimentos: 0

Fabio Grosso:
Jogos: 19
Jogos como titular: 17
Tempo em campo: 1598 minutos
Gols: 0
Assistências: 3
Chutes: 7
Chutes no gol: 2
Cartões amarelos: 6
Cartões vermelhos: 0
Faltas cometidas: 29
Faltas sofridas: 10
Impedimentos: 2

Frederic Sorensen:
Jogos: 17
Jogos como titular: 12
Tempo em campo: 1139
Gols: 0
Assistências: 1
Chutes: 1
Chutes no gol: 0
Cartões amarelos: 2
Cartões vermelhos: 0
Faltas cometidas: 20
Faltas sofridas: 5
Impedimentos: 0


Zdenek Grygera:

Jogos: 13
Jogos como titular: 9
Tempo em campo: 905 minutos
Gols: 0
Assistências: 0
Chutes: 2
Chutes no gol: 1
Cartões amarelos: 1
Cartões vermelhos: 0
Faltas cometidas: 13
Faltas sofridas: 9
Impedimentos: 0

Armand Traore
Jogos: 10
Jogos como titular: 7
Tempo em campo: 540 minutos
Gols: 0
Assistências: 0
Chutes: 2
Chutes no gol: 0
Cartões amarelos: 1
Cartões vermelhos: 0
Faltas cometidas: 11
Faltas sofridas: 6
Impedimentos: 0

Paolo De Ceglie:
Jogos: 7
Jogos como titular: 6
Tempo em campo: 462 minutos
Gols: 0
Assistências: 1
Chutes: 1
Chutes no gol: 0
Cartões amarelos: 0
Cartões vermelhos: 0
Faltas cometidas: 2
Faltas sofridas: 3
Impedimentos: 0

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Estatísticas da Série A: Goleiros

A partir de hoje o Blog Juventus Brasil vai publicar os números de desempenho dos jogadores da Juventus durante a disputa da Série A. Para começar, vamos aos números dos responsáveis pelo gol bianconero. A Juventus teve uma temporada atípica nessa posição devido a grave lesão do seu incontestável titular, Buffon. Sabendo disso desde o início da temporada, durante a janela de transferências do verão europeu a Juve contratou Storari junto ao Milan, e o ex-rossonero substituiu à altura Buffon. Vamos aos números:

Marco Storari


Storari foi o goleiro com maior participação na liga italiana pela Juve nessa temporada, ao todo foram 23 jogos, 22 como titular.
Tempo em campo: 2057 minutos.
Desfesas difíceis: 71
Gols sofridos: 30
Média de gols sofridos por jogo: 1.30
Chutes à gol sofridos: 101
Cartões amarelos: 2
Cartões vermelhos: 0
Faltas cometidas: 0

Buffon:
Jogos: 16
Tempo em campo: 1362 minutos.
Desfesas difíceis: 40
Gols sofridos: 17
Média de gols sofridos por jogo: 1.06
Chutes à gol sofridos: 57
Cartões amarelos: 1
Cartões vermelhos: 1
Faltas cometidas: 2


  •  Ribery pode ser influenciado por Zidane e Toni para assinar pela Juventus;
  • Diretor do Atlético de Madrid confirma que a única proposta recebida por Aguero foi feita pela Juventus;
    • Agente de Aquilani diz que em uma semana a situação do meia estará resolvida. Tudo indica que Aquilani será comprado em definitivo pela Juve após Conte ter pedido a permanência do jogador;
    •  Outro pedido de Conte é a volta de Giovinco, mas o jogador demonstra vontade de permanecer no Parma;
    • Depois de Pirlo e Ziegler o próximo a desembarcar em Turim pode ser Pazienza;
    • Corriere dello Sport informa que Tevez aceitou bases salariais propostas pela Juve;
    • O nome de Dzeko volta a ser especulado em Turim;
    • Marrone, Pasquato e Inmobile podem ser envolvidos na negociação de Matri;
    • Outros nomes especulados são Lichtsteiner, Cassani e Inler.
    Acompanhe as curtas diariamente no perfil @JuventusBRA do twitter. Sigam-nos.

        quarta-feira, 25 de maio de 2011

        Ziegler deve assinar com a Juventus nesta quinta

        Ziegler, fotografado hoje em Turim

        Vários veículos da imprensa italiana noticiaram nesta quarta-feira (25) que o lateral esquerdo Reto Ziegler está prestes a assinar com a Juventus. O suíço estava na Sampdoria e concluiu seu contrato com o time genovês ao fim da temporada.

        Ziegler chegou ao futebol italiano em 2007, pela própria Sampdoria. Com 25 anos, ele realizou 127 partidas com a camisa blucerchiata, marcando quatro vezes. Junto com Marotta, o demitido Del Neri e Storari, Ziegler é mais um ex-Samp a se tornar bianconero.

        O jogador foi um dos melhores laterais do campeonato italiano, sendo cobiçado por grandes times na janela de janeiro, incluindo o Milan, que chegou a fazer oferta pelo jogador, rejeitada pela Samp.

        Em seu último ano de contrato, a Sampdoria rejeitou a propoposta milanista, mantendo-o no time mesmo com o risco de perdê-lo de graça ao fim da temporada. Este será o caso, se a Juventus realmente contratá-lo: não pagará nada.

        Nesta quarta-feira, ele foi visto em Turim para fazer exames médicos (foto) e se espera que o contrato seja firmado nas próximas horas.

        A primeira entrevista com Pirlo

        terça-feira, 24 de maio de 2011

        Juventus encerra a temporada 2010/2011 com vitória

        No jogo de despedida de Gary Neville, a Juventus conseguiu uma boa vitória por 2-1. A Juve começou o jogo com praticamente o time que enfrentou o Napoli no domingo, com apenas duas mudanças, Storari no gol e De Ceglie na lateral. Já a equipe do Manchester United mandou a campo um misto de ex-jogadores, jogadores ainda em atuação mas não pelo United como Beckham e até titulares absolutos como Rooney.

        De Ceglie que voltava ao time titular depois de um longo tempo se recuperando de lesão, sofreu um revés e teve que ser substituído sentindo dores ainda no começo do jogo, em seu lugar entrou Traoré. Rooney abriu o placar para os vermelhos aos 18 minutos do 1° tempo. Aos 40", Pepe de cabeça deixou tudo igual. Próximo ao término do encontro, após várias substituições que aconteceram desde o 1º tempo, Giandonato em bela cobrança de falta deu a vitória para a Juventus. O que era apenas um amistoso, ganhou grande importância para Giandonato, que após um bom jogo contra o Parma ainda pela Serie A e com essa boa participação de hoje pode ganhar mais chances no time principal da Juventus no futuro. A Juventus agora se concentra na temporada 2011/2012 e com a chegada de um novo técnico e novos jogadores todos esperam que a Juve reencontre o caminho das glórias.

        Pirlo realiza exames médicos em Turim

        O meia Andrea Pirlo encontra-se desde a manhã de hoje em Turim, para realizar testes médicos, cumprindo assim os últimos passos para se tornar jogador da "Vecchia Signora".

        O contrato do meia, que terminou recentemente uma ligação de 10 anos com o Milan, com a Juventus deverá ser válido por três temporadas.

        Segundo a imprensa italiana, a contratação de Pirlo só deverá ser oficializada entre quarta e quinta-feira.

        ATUALIZAÇÃO: A Juventus confirmou a contratação de Andrea Pirlo, o jogador será apresentado amanhã no CT da Juve em Vinovo.

        Conte já fala como o novo técnico

        Conte foi jogador da Juve de 1992 a 2004
        O atual técnico do Siena, Antonio Conte já fala como o futuro técnico da Juventus. Em entrevista ao Tuttosport, Conte proferiu críticas a atitude dos jogadores da Juventus e disse que a postura desses jogadores vão sofrer mudanças sobre o seu comando.

        "Minha Juventus será um time de raça. Não aceitarei jogadores rindo e com brincadeiras após derrotas. Os jogadores tem que mudar sua atitude. Após 90 minutos, cada jogador deverá ter sua camisa encharcada de suor. Eles devem sempre dar o seu melhor para a equipe e lutar até o fim ".

        Quando questionado sobre sua falta de experiência como treinador Conte respondeu: "A falta de experiência? eu consegui a promoção à Serie A por duas vezes e ambos os resultados vieram com um bom futebol. Venci tudo o possível com a Juventus durante a minha carreiracomo jogador. Embora eu também perdi alguns grandes jogos e isso me fez sentir muito mal. Isso é só uma motivação para melhorar".
         
        Em seguida, passou a explicar sua filosofia de jogo e deixou claro que ele sempre quer jogar um futebol ofensivo.

        "Minhas equipes sempre têm várias coisas em comum. A organização deve ser boa e eu quero ver a criatividade na parte ofensiva do time. O importante é sempre a confiança em suas próprias ideias e pontos fortes."

        Aos 41 anos de idade, Conte passou
        como técnico por Arezzo, Bari e Atalanta desde que terminou sua carreira de jogador em 2004.

        segunda-feira, 23 de maio de 2011

        Marotta revela que Conte será o novo técnico da Juventus

        Sem surpresas. O favorito apontado pela imprensa italiana como futuro técnico da Juventus, Antonio Conte, será o treinador bianconero da próxima temporada. 

        O diretor de futebol da Juve, Giuseppe Marotta confirmou à Sky Itália na noite desse domingo que Conte assumirá o comando. Quando questionado ele respondeu: "Conte? Tornaremos isso oficial na próxima semana."

        Antonio Conte ainda está na disputa da Serie B com o Siena, equipe que ele ajudou na promoção para a Seria A de 2011/2012. O ex-jogador era o preferido da torcida bianconera e conta com a confiança de Agnelli, Nedved e Del Piero.

        Del Piero: "Os jogadores estão tão decepcionados quanto a torcida"

        Após o empate 2-2 com o Napoli que acabou com as esperanças da Juve participar de uma competição europeia na próxima temporada, Del Piero e Matri refletiram sobre a campanha frustrante da Velha Senhora no italiano. Os dois estão esperançosos de um melhor desempenho na próxima temporada.
         
        "Muitas coisas deram errado e estamos pagando por isso ", suspirou Del Piero após o jogo, segundo o site oficial. "Os torcedores estão decepcionados? Eles estão tão decepcionado quanto nós".

        "Os resultados não vieram conforme o esperado. Na próxima temporada nós vamos pensar neste campeonato, para que não se repitam os mesmos erros".

        O atacante Matri, emprestado pelo Cagliari, acrescentou: "Estamos tristes, de como a temporada acabou. Este ano nós experimentamos amargura, no próximo ano, nós só queremos ter satisfações".

        "Estou satisfeito com o que eu tenho sido capaz de fazer e, portanto, eu espero ficar aqui, mas considerando o resultado da temporada não posso estar plenamente feliz".


        Contudo, os jogadores ainda não estão de férias. A Juventus encara amanhã o Manchester United no Old Trafford em amistoso festivo de despedida de Gary Neville. Todos os jogadores do elenco principal da Juventus, com exceção dos contudidos, foram selecionados para essa partida. O jogo terá transmissão da ESPN Brasil, ao vivo às 15h30.